12 janeiro 2006

Deu Samba!

Essa fonte foi premiada na categoria 'Display' no International Type Design Contest/2003 da Linotype. Baseada nos letterings do fantástico ilustrador J. Carlos, foi digitalizada pelos irmãos Caio e Tony de Marco - este último é um dos editores da Tupigrafia e dirige a foundry Justintype.

Na edição número 05 da Tupigrafia, uma matéria apresenta alguns dos trabalhos de J. Carlos e, mostra as bases da pesquisa visual que acabou resultando no surgimento dessa bela família tipográfica. E mais que isso, mostrou que podemos fazer 'Arqueologia Tipográfica' nos arquivos históricos brasileiros.

Ontem a Linotype divulgou a sua lista com as melhores do ano de 2005 e, deu Samba novamente! A fonte - Samba - está entre as 20 melhores na categoria: Casual Fonts.

2 Comments:

At 12 janeiro, 2006, Anonymous Anônimo said...

é um trabalho muito interessante, não só no que diz respeito à pesquisa mas ao resultado final.

entretanto o nome dado é muito infeliz: no lugar de batizar a fonte homenageando o autor dos originais, chama-la samba.

uma pena que tenha sido lançada comercialmente com esse nome. seria uma ótima oportunidade de apresentar ao mundo o trabalho desse excelente profissional que foi J.Carlos.

 
At 14 janeiro, 2006, Anonymous Tony de Marco said...

Caro anonymous, obrigado pela oportunidade de explicar o nome da fonte.
Quando eu criei a fonte, para um artigo da Tupigrafia sobre o trabalho tipográfico de J. Carlos, a fonte foi chamada de Melindrosa, numa clara homenagem ao genial ilustrador. Ao decidir participar do concurso, três motivos me levaram a repensar o nome. O primeiro é a provavel pronúncia difícil, em inglês, seria algo como "Melindrossa". Argh! E o mercado de venda de fontes é majoritariamente norte-americano, não considerar este fato pode ser um suicídio comercial. O segundo é que a versão Expert, que caracteriza a família, não tem referência direta no trabalho de J. Carlos. A influência veio da pesquisa de ferragens residenciais de estilo europeu, encontradas em abundância também no Brasil. O terceiro motivo é que já havia uma fonte dingbat horrível, com dançarinos de salsa, maracas e outros ícones caribenhos chamada “Samba”!!! Decidi que era hora de uma fonte feita por brasileiros inspirada em um ilustre brasileiro, que, alias, escreveu alguns sambas, receber a honra de se chamar “Samba”.

Ok, tem um quarto motivo: qualquer ser humano civilizado nesse planeta sabe muito bem o que é samba, como se pronuncia a palavra samba, e o que samba significa. Samba significa sexo.

 

Postar um comentário

<< Home